Carro que aprende com os erros é melhor startup do Web Summit

Atualidade

Por Auto Foco 08-11-2018 19:01

A melhor startup na cimeira mundial de tecnologia Web Summit, que terminou hoje à tarde em Lisboa, é a de um automóvel autónomo que aprende a conduzir, corrigindo os erros.

O concurso que distinguiu a melhor startup no certame que decorreu no Parque das Nações, teve a participação de várias dezenas de candidatos por um lugar de destaque neste novo mundo empresarial, foi dominado por propostas afetas à condução autónoma, que ficaram nas duas primeiras posições.

A Wayve, do Reino Unido, foi a startup vencedora da edição deste ano da Web Summit. O seu líder, Alex Kendall, conseguiu cativar o júri com a melhor apresentação de “um carro autónomo que aprende a conduzir". Trata-se, e de um veículo autónomo, que cada vez que comete um erro quando circula, tem a capacidade de recolher informações a partir da correção que o seu condutor fizer. “Assim, cada vez que se engana, o carro aprende com a experiência. Quantos mais quilómetros mais Inteligência Artificial (AI) na condução autónoma”, argumentou Kendall.

Alex Kendall acredita que "a aprendizagem das máquinas vai permitir-nos dar escala à condução autónoma e espalhá-la pelo mundo".

No segundo lugar do concurso, também no mundo da inovação automóvel, ficou a startup LVL5, dos Estados Unidos, criada por Andrew Kouri, que explica que o software que inventou "é baseado na visão de computador que deteta a localização de importantes marcos na estrada, como os semáforos, os sinais verticais e no pavimento".

“Os olhos do software vêm tudo na estrada e depois constrói um mapa três dimensões para triangular a posição do veículo. Uma solução barata aos custos da tecnologia atual”, argumenta Andrew Kouri.

O modelo de negócio da empresa não vai estar baseado no software de visão, mas na construção dos mapas 3D que precisam de grandes quantidades de dados pelos quais os utilizadores dos veículos vão ter que pagar uma mensalidade.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade