20 portugueses confirmados em «Dakar fora do normal»

Rali Dakar

Por Redação 27-11-2018 18:29

A 41.ª edição do Rali Dakar foi esta terça-feira apresentada em Paris como «uma das mais duras de sempre».

«Será um Dakar fora do normal. Pela primeira vez decorre num único país, terá dez dias e com uma geografia em que 70 por cento serão areia e dunas», explicou o francês Etienne Lavigne, diretor da prova que irá realizar-se entre 7 e 17 de janeiro.

Lavigne alertou que o Dakar-2019, prova de 5 mil quilómetros, 3 mil dos quais cronometrados, totalmente disputada no Peru, tem prevista passagem por «terrenos que exigem uma boa preparação física».

«As dunas e a areia são cenários que exigem muita técnica e conhecimentos de pilotagem. A somar a isso há a navegação, a orientação no labirinto de dunas. É preciso encontrar o caminho certo e passar os pontos obrigatórios do percurso. Isso implica três exigências, um Dakar físico, um Dakar técnico, um Dakar difícil», avisou.

Ao todo estão inscritos 534 participantes, 20 dos quais são portugueses. São eles:

Motas (9): Paulo Gonçalves (Honda), Joaquim Rodrigues Jr. (Hero), Mário Patrão (KTM), David Megre (KTM), Fausto Mota (Yamaha), António Maio (Yamaha), Sebastian Bühler (Yamaha), Hugo Lopes (KTM) e Miguel Caetano (Yamaha).

Automóveis (4): Pedro Mello Breyner (Alta Ruta 4x4 Peru), Filipe Palmeiro (navegador de Boris Garafulic (MINI da X-Raid) e Bruno Martins/Rui Ferreira (Can-Am X3 UTV) .

SSV (3): Miguel Jordão/Lourival Roldan (Can-Am Maverick), Ricardo Porém/Jorge Monteiro (Can-AM Maverick),

Camiões (3): José Martins (DAF), Paulo Fiúza (mecânico de Alberto Herrero, MAN) e Armando Loureiro (navegador de Michel Boucou, IVECO)

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 1

YetiGol
29-11-2018 15:50

Vamos rapaziada! Façam um bom Dakar!

Rali Dakar