Crise na Jaguar Land Rover atira Tata ao lixo

Atualidade

Por Auto Foco 05-12-2018 20:47

A agência S&P Global Ratings baixou a classificação de crédito da Tata Motors para o nível de lixo, justificando-o com a rentabilidade mais fraca do que o previsto do consórcio britânico Jaguar Land Rover (JLR). Os resultados financeiros da JLR foram duramente afetados pelas tensões comerciais entre a China e os Estados Unidos, a redução da procura por automóveis com motor Diesel na Europa e as preocupações decorrentes do Brexit.

A S&P baixou o rating de crédito de emissões de longo prazo da Tata Motors, empresa indiana que é proprietária da Jaguar Land Rover. A classificação da Tata permanece sob observação de crédito com implicações negativas, dadas as incertezas em torno do Brexit, e será revista logo que se clarifique a saída do Reino Unido da União Europeia, comunicou a S&P.

A Tata Motors reportou, no final de outubro, um prejuízo superior ao previsto, na ordem dos 10,49 mil milhões de rúpias (124,7 milhões de euros), que motivou o anúncio de um plano de recuperação da JLR, a que chamou de "Project Charge", que prevê a redução de custos de 2,5 mil milhões de libras (2,8 mil milhões de euros) em 18 meses.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade