FÓRMULA E: Vergne ganha no Mónaco, Félix da Costa é 6.º

Automobilismo

Por José Caetano 11-05-2019 17:31

Jean-Éric Vergne venceu a 9.ª etapa da Época 5 da Fórmula E, nas ruas de Monte Carlo. O francês da DS Techeetah somou a 2.ª vitória da temporada – e foi o 1.º a consegui-lo – e a 7.ª no campeonato que ganhou em 2017-2018. Este resultado promoveu-o de 6.º a 1.ª na classificação de pilotos, que mudou pela 9.ª vez em… 9 ePrix!

Vergne também foi o 1.º piloto em 2018-2019 que arrancou da 1.ª posição da grelha e liderou a corrida de 45 minutos (mais uma volta) de fio a pavio, resistindo à pressão de Oliver Rowland, da Nissan e-dams, autor do melhor tempo na qualificação (três pontos de bónis). No entanto, o britânico foi obrigado a arrancar de 4.º, para cumprimento da penalização de três lugares, aplicada na sequência de toque em Alexander Sims (BMW i Andretti Motorsport) na 8.ª ronda do campeonato, em Paris. Assim, no Principado do Mónaco, repetiu-se o resultado de Sanya (China).

Na 3.ª posição, Felipe Massa, da Venturi… Quer para o brasileiro, quer para a marca do Mónaco, 1.º pódio na Fórmula E, campeonato hipercompetitivo – no ‘top-8’, carros de sete equipas (só a Nissan colocou os dois, com Sébastien Buemi a terminar em 5.º).

António Félix da Costa somou mais pontos importantes para as contas do campeonato. O português da BMW i Andretti Motorsport arrancou de 8.º e acabou em 6.º, somando 8 pontos… Este resultado fê-lo baixar de 3.º para 4.º na classificação, mas aproximou-o dos pilotos que tinha à frente e afastou-o dos que estavam atrás, depois de derrotá-los a todos – Robin Frijns abandonou e perdeu o comando, André Lotterer foi 9.º, Lucas di Grassi também desistiu e Jérôme d’Ambrosio acabou em 13.º…  Como exceção à regra, Jean-Éric Vergne.

Falta cinco corridas para o final da Época 5 da Fórmula E e, provavelmente, o campeão decidir-se-á apenas na etapa final, nos dois ePrix de Nova Iorque (EUA). Ainda em jogo, encontram-se 115 pontos…

Classificação

1.º Jean-Éric Vergne, DS Techeetah, 51 voltas

2.º Oliver Rowland, Nissan e-dams, a 0,201 s

3.º Felipe Massa, Venturi, a 1,261 s

4.º Pascal Wehrlein, Mahindra, a 1,439 s

5.º Sébastien Buemi, Nissan e-dams, a 6,215 s

6.º António Félix da Costa, BMW i Andretti, a 15,956 s

7.º Mitch Evans, Jaguar, a 16,213 s

8.º Daniel Abt, Audi Sport, a 16,400 s

9.º André Lotterer, DS Techeetah, a 18,848 s

10.º Alexander Lynn, Jaguar, a 18,112 s

11.º Stoffel Vandoorne, HWA Racelab, a 18,551 s

12.º José María López, GEOX Dragon, a 18,860 s

13.º Jérôme d’Ambrosio, Mahindra, a 21,488 s

14.º Gary Paffett, HWA Racelab, a 21,853 s

15.º Alexander Sims, BMW i Andretti, a 26,934 s

16.º Tom Dillmann, NIO, a 31,861 s

17.º Sam Bird, Virgin, a 1 volta

18.º Robin Frijns, a 5 voltas

Campeonato

1.º Jean-Éric Vergne, 87 pontos

2.º André Lotterer, 82 pontos

3.º Robin Frijns, 81 pontos

4.º António Félix da Costa, 78 pontos

5.º Lucas di Grassi, 70 pontos

6.º Mitch Evans, 67 pontos

7.º Jérôme d’Ambrosio, 65 pontos

8.º Daniel Abt, 63 pontos

9.º Oliver Rowland, 59 pontos

10.º Sam Bird, 54 pontos

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Automobilismo