A partir de julho, carros elétricos obrigados a... fazer barulho

Atualidade

Por VM 08-06-2019 12:17

Pode até parecer que se estará a abdicar de um dos trunfos dos automóveis elétricos, que é a sua marcha silenciosa, mas com base em inúmeros estudos ficou provado que o facto de estes automóveis não emitirem ruído audível quando se deslocam representa risco considerável para a segurança dos peões.

Assim, na União Europeia, a partir de julho, todos os automóveis elétricos e híbridos novos passarão a ser obrigados a ter um alerta acústico, denominado de AVAS (Audible Vehicle Alert System), um equipamento que algumas marcas como a Nissan ou a Jaguar até já desenvolveram e apresentaram para alguns dos seus modelos.

Este dispositivo emite sinal sonoro que estará ativado até aos 20 km/h e deverá ser semelhante ao som de um motor convencional. A sua frequência deve estar num mínimo de 56 dB e num máximo de 75 decibéis.

 

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade