Porsche Taycan convence em teste de resistência de 3425 km

Atualidade

Por Auto Foco 23-08-2019 09:37

Em 24 horas, um Taycan de pré-produção percorreu uma distância de exatamente 3425 quilómetros. O teste, efetuado no circuito de Nardò, em Itália, faz parte do programa de desenvolvimento do modelo, que será apresentado em estreia mundial no dia 4 de setembro.

A distância percorrida corresponde, por exemplo, à distância entre Nardò e Trondheim, na Noruega. Com elevadas temperaturas no circuito do sul de Itália, com picos de temperatura de 42º e temperaturas até 54º na pista, a velocidade média foi entre 195 e 215 km/h. O teste decorreu sem interrupções, com o protótipo do Taycan a cumprir apenas paragens rápidas para recarregar e trocas de piloto. A equipa foi composta por seis pilotos de teste da Porsche.

Stefan Weckbach, Vice-Presidente da gama Taycan, comentou o resultado do teste: «o Taycan controlou esta ambiciosa prova de resistência sem quaisquer problemas. O resultado alcançado em Nardò destaca as vantagens da inédita tecnologia de 800 volts e o seu elevado nível de maturidade. Antes do Taycan ser lançado no mercado no final do ano, teremos percorrido mais de seis milhões de quilómetros de teste por todo o globo».

O Taycan é o primeiro veículo totalmente elétrico de produção em série com um sistema de 800 volts. Esta tecnologia ajudou o 919 Hybrid a vencer as 24 Hours de Le Mans por três vezes consecutivas e faz agora a sua estreia na produção em série.

A tecnologia de 800 volts permite alta performance de forma consistente, reduz o tempo de recarga e diminui o peso e o espaço de armazenamento para a cablagem. Durante a prova de resistência no Nardò Technical Center, as estações de carregamento de 800 volts da Porsche Engineering Group GmbH foram utilizadas. Estas têm sido utilizadas também na joint venture Ionity.

A sofisticada gestão térmica do Taycan também foi posta à prova em Nardò. A gestão térmica gira em torno de um sistema inteligente e altamente eficiente para arrefecimento e aquecimento dos componentes de alta tensão. Isto previne potenciais perdas de potência devido a sobreaquecimento e assegura uma temperatura ótima para um processo de carregamento mais eficiente quando o veículo chega a uma estação de carga.

Mas o Porsche Taycan não é apenas resistente. O conjunto elétrico de transmissão está desenhado de forma a desenvolver a potência máxima mesmo depois de várias acelerações num curto espaço de tempo. No final de julho, um veículo pré-série acelerou de 0 a 200 km/h com sucesso por 26 vezes num aeródromo. A aceleração média ficou abaixo dos 10 segundos. A diferença entre a aceleração mais rápida e a mais lenta foi de 0,8 segundos.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade