Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático

Cupra Formentor 1.4 e-Hybrid vs. Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático

Performances e/ou eficiência?

CONFRONTO

Por Vítor Mendes da Silva 25-07-2021 07:00

Fotos: Gonçalo Martins

Atualmente, os SUV são o ganha-pão da maioria dos fabricantes, mas para garantia de performances comerciais convincente o formato da moda combina-se com a eletrificação, que satisfaz as exigências do mercado em transformação.

O Ford Kuga chega à terceira geração (a estreia no catálogo da oval azul foi em 2008), com o objetivo de acelerar definitivamente as vendas no nosso país, onde o SUV do segmento médio inferior não conseguiu o reconhecimento que tem no mercado europeu – no Velho Continente, só o Focus e o Fiesta são mais bem-sucedidos. E para crescer mais em popularidade, a Ford mudou… tudo! O Kuga III é automóvel 100% novo, desde logo baseado numa nova plataforma (C2), com maior rigidez torsional e o peso otimizado pelo recurso extensivo ao alumínio nos seus componentes, permitindo que a nova geração do SUV seja, em média, 80 kg mais leve do que a antecessora.

A distância entre eixos também é 20 mm superior à do predecessor e a carroçaria 8,9 mais comprida e 4,4 cm mais larga. O aumento dessas medidas reflete-se nas cotas habitáveis para carga interiores, traduzindo-se em mais espaço para as pernas e ao nível dos ombros e cabeça dos ocupantes dianteiros e traseiros, apesar de o novo modelo ser 6 mm mais baixo do que o que substitui.

O banco posterior pode ser movido longitudinalmente através de calhas de 10,3 cm, possibilitando gerir o espaço para as pernas e a volumetria da bagageira, nesta ampliando a capacidade original de 645 litros. O rebatimento destes bancos faz-se mediante acionamento elétrico (botão), facilitando a operação, e assim criando uma superfície de carga totalmente plana. Nota ainda para os passageiros que viajam atrás, nos lugares laterais, que podem dispor de sistema de aquecimento individual. Uma estreia. Também pela primeira vez, o SUV dispõe da tecnologia FordPass Connect, tornando-o hotspot wi-fi móvel com capacidade para dez smartphones. Estes conectam-se via bluetooth ao sistema de comunicação e entretenimento SYNC 3 da Ford, o mais moderno do fabricante, em que a visualização e o controlo fazem-se num ecrã digital tátil de 8 polegadas (12,3” em opção) ao centro do tablier. O painel de instrumentos é totalmente digital.

Também superiormente equipado, mas claramente menos focado no vínculo familiar, o Cupra Formentor, que recebe o nome de um cabo da ilha de Maiorca, nas Baleares, apresenta-se com um formato já a meio caminho entre SUV e coupé, por isso menos avantajado no seu interior. Mede 4,450 metros de comprimento (o Kuga tem mais 16 cm), 1,839 m de largura e 1,511 m de altura. Tecnicamente, o automóvel assenta na plataforma MQB Evo, arquitetura moderna do Grupo VW que partilha com a geração nova do Leon e, por consequência, a mesma distância entre eixos de 2,68 metros (2,71m o Ford).

Mais limitado nas cotas interiores, o SUV com o logótipo de estilo tribal da Cupra supera o rival da oval azul na apresentação do habitáculo e na qualidade da montagem e dos materiais, com a dotação de equipamento a alinhar-se também pelas referências da categoria.

Ainda no interior do Formentor, painel de instrumentos digital de 10,25’’ e configurável, com gráficos específicos e desenhos que aludem ao conceito da marca. Também a instrumentação pode configurar-se à medida das exigências, adaptando os grafismos e as informações ao estilo da condução. O monitor do sistema de infoentretenimento (12’’) concentra a maioria dos comandos das funções de bordo, razão por trás do número reduzido de botões no interior do Cupra.

Mas voltando às aspirações desportivas do Cupra, estas ficam explícitas nas credenciais do sistema e-Hybrid com carregamento externo (Plug-In), que associa motor a gasolina turbo, de 4 cilindros e 1,4 litros, debitando 150 cv, e unidade elétrica de 115 cv. Combinados, rendem 204 cv e 300 Nm ou 245 cv e 400 Nm, na versão de topo VZ – diferencia-os só a eletrónica.

O motor elétrico é alimentado por bateria de iões de lítio com 13 kWh, arrumada sob o piso da bagageira, posicionamento sem impacto na habitabilidade. Já o compartimento da mala vê a sua capacidade reduzida em quase 100 litros face aos congéneres movidos apenas por mecânicas térmicas, para volumetria máxima de 345 litros na configuração de cinco lugares.

A unidade elétrica funciona em simultâneo com a térmica, contribuindo para o rendimento conjunto, ou em exclusivo na motorização do veículo até cerca de 50 km (percorridos neste teste) e a velocidades até 140 km/h. O motor de zero emissões confere energia extra para otimizar as performances do SUV, de muito bom nível. No caso do Formentor e-Hybrid, 0 a 100 km/h em 7,8 segundos; o VZ e-Hybrid gasta menos 0,8 segundos para cumprir esta medição. O que, na prática, traduz-se em respostas com grande elasticidade desde baixas rotações (vide recuperações) e sempre superiormente auxiliado pela caixa automática de seis velocidades e dupla embraiagem (DSG), que funciona sempre a preceito, assegurando passagens e reduções sem hiatos. Em paralelo com as prestações do automóvel, a excelência da dinâmica: agilidade superior, graças a chassis equilibradíssimo.

No reverso da medalha, a economia do consumo de combustível: após 100 km, em que cerca de 50 km podem ser quase exclusivamente em modo EV e os restantes 60 km foram geridos pelo sistema, o consumo médio de gasolina não ultrapassou os 3 litros.

Na gama Kuga, também há híbrido plug-in (PHEV), que é o porta-estandarte da revolução em curso nas motorizações, combinando bloco a gasolina de 4 cilindros e 2,5 litros, que funciona segundo o ciclo Atkinson, e um motor elétrico alimentado por bateria de iões de lítio de 14,4 kWh. O módulo desenvolve uma potência máxima de 225 cv e proporciona uma autonomia 100% elétrica de 56 km (em ciclo WLTP). Mas entre este os mild-hybrid na gama, há um segundo híbrido, o 2.5 FHEV, que combina motor 2.5 a gasolina de ciclo Atkinson e unidade elétrica com bateria de iões de lítio. Esta motorização em teste, com caixa automática contínua com trem epicicloidal, que simula passagens de relações como as CVT, e é exemplo de refinamento. Suave e decidida em ambiente urbano, onde a marcha em modo 100% elétrica é mais frequente – no comando rotativo há o botão “L” para aumentar a capacidade da regeneração da energia das desacelerações e que também faz um certo efeito e-pedal, substituindo o travão em muitos momentos da condução.

No trajeto que realizámos em modo Eco, o mais eficiente, registámos consumo médio de 5,9 l/100 km.

Nas prestações, apesar dos 190 cv, nenhuma pretensão desportiva. A direção tem acerto e feedback excelentes, como é apanágio na Ford, e as ligações ao solo cumprem, mas o foco está no conforto, notando-se claramente o peso e o centro de gravidade elevado.

A segurança também está em alta. O novo Kuga dispõe de um conjunto alargado de tecnologias de assistência ao condutor, tais como sistema de manutenção na faixa e de deteção de ângulo morto; assistente de pré-Colisão com travagem ativa com função de cruzamento e deteção de ciclistas; cruise control adaptativo com stop&go, reconhecimento de sinais de velocidade, alerta de tráfego cruzado e sistema de estacionamento automático. O Kuga é também o primeiro SUV da Ford na Europa a dispor de Head-up display.

Neste ‘recheadíssimo’ acabamento ST-Line X, o Ford Kuga 2.5 Duratec FHEV 190CV Automático está disponível desde 47.126 euros; os preços PHEV, com 225 cv, arrancam nos 45.667 euros, beneficiando da fiscalidade.

Os preços do Cupra Formentor e-Hybrid variam entre os 41.055 euros da versão de acesso com 204 cv e os 47.056 euros do VZ com 245 cv.

Ler Mais

Ficha Técnica

Características

Cupra Formentor

VZ 1.4 e-HYBRID

FORD KUGA

2.5 Duratec FHEV

Motor térmico
Arquitetura 4 cilindros em linha 4 cilindros em linha
Capacidade 1395 cc 2488 cc
Alimentação Inj. direta, turbo, intercooler Injeção direta
Distribuição 2 a.c.c./16 v 2 a.c.c./16 v
Potência 150 cv/5000-6000 rpm 152 cv/5500 rpm
Binário 250 Nm/1550-3500 rpm 200 Nm/4500 rpm
Motor elétrico
Tipo Síncrono Síncrono
Potência 116 cv 125 cv
Binário 330 Nm 230 Nm
Bateria Iões de lítio Iões de lítio
Capacidade da bateria 13 kWh 1,1 kWh
Módulo Híbrido
Potência 245 cv 190 cv
Binário 400 Nm -
Transmissão
Tração Dianteira Dianteira
Caixa de velocidades Automática de 6 velocidades Automática tipo CVT
Chassis
Suspensão F Ind. McPherson Ind. McPherson
Suspensão T Ind. Multibraços Ind. Multibraços
Travões F/T Discos ventilados Discos ventilados
Direção/Diâmetro de viragem - Elétrica/11,4 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,450/1,839/1,510 m 4,614/1,883/1,675 m
Distância entre eixos 2,68 m 2,71 m
Mala 345 litros 411-581 litros
Depósito de combustível 40 litros 45 litros
Pneus F 245/40 R19 225/60 R18
Pneus T 245/40 R19 225/60 R18
Peso 1704 kg 1701 kg
Relação peso/potência 6,95 kg/cv 8,95 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 210 km/h 196 km/h
Acel. 0-100 km/h 7 s 9,1 s
Consumo médio 1,6 l/100 km 5,4 l/100 km
Emissões de CO2 35 g/km 124 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 2 anos sem limite de km 2 anos sem limite de km
Pintura/Corrosão 3/12 anos 3/12 anos
Intervalos entre revisões 30000 km 30000 km
Imposto de circulação (IUC) 137,14 € 204,81 €

Medições

Cupra

Acelerações
0-50 km/h 3 s
0-100 / 130 km/h 7 s
0-400 / 0-1000 m 14,8 s
Recuperações
40-80 km/h (D) 2,2 s
60-100 km/h (D) 2,8 s
80-120 km/h (D) 3,9 s
Travagem
100-0/50-0km/h 37/9,6 m
Consumos
Consumo médio 6 l/100km
Autonomia 666 km

Medições

FORD

Acelerações
0-50 km/h 3,7 s
0-100 / 130 km/h 9,2 s
0-400 / 0-1000 m 17 s
Recuperações
40-80 km/h (D) 3,4 s
60-100 km/h (D) 4,7 s
80-120 km/h (D) 6,9 s
Travagem
100-0/50-0km/h 38/9,7 m
Consumos
Consumo médio 5,9 l/100km
Autonomia 762 km