Peterhansel ganha 2 m a Al-Attiyah e Cornejo é o novo líder nas motos

Rali Dakar

Por José Caetano 10-01-2021 13:43

No Dakar, cumprido o dia de repouso, início da segunda semana de competição, com os participantes que sobreviveram a primeira metade da edição 43 do rali a cumprirem 737 km entre Ha’il e Sakkaka (453 km ao cronómetro).

 

Nos automóveis, vitória do saudita Yazeed Al Rajhi, da Overdrive Toyota, com 4:21.59 m. Stépanhe Peterhansel, da X-raid Mini, terminou na 2.ª posição, a 48 s, acabando uma especial no top-3 pela 6.ª vez e ganhando mais 2 m ao rival número na corrida à vitória, o catari Nasser Al-Attiyah (Toyota), que acabou em 4.º a 2.48 do vencedor e, na geral, é 2.º, agora a 7.53 m do francês, o piloto com mais triunfos no Dakar (13).

 

Nas motos, outra mudança no comando da categoria (seis em sete etapas). Ricky Brabec (Honda), o campeão do ano passado, foi o mais veloz, com 4:37.44 h, mas José Ignacio Cornejo (Honda), 2.º, a 2.07 m, aproveitou o dia menos positivo de Toby Price, só 7.º, a 5.05 m do vencedor, e acelerou de 3.º para 1.º no rali, com 1 s de vantagem para o piloto australiano da KTM!

 

Nos SSV, outra vitória saudita, com Saleh Alsaif, num Cam-Am X3 T3Pro, primeiro na etapa, com 5:20.46. O comandante da categoria, o polaco Aron Domzala, terminou-a na 5.ª posição, a 5.18 m. Lourenço Rosa e Joaquim Dias foram a melhor dupla portuguesa, em 9.º, a 15.43 m do mais rápido do dia, enquanto Rui Carneiro e Filipe Serra acabaram em 19.º, a 41.23 m.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Rali Dakar