Revelado hipercarro híbrido para o regresso da Peugeot a Le Mans

A 88ª edição das 24 Horas de Le Mans, a decorrer este fim de semana, foi o palco escolhido pela marca francesa para formalizar o seu regresso às 24 Horas de Le Mans, que acontecerá já em 2022, em parceria com a Total.

Atualidade

Por VM 19-09-2020 13:04

“Le Mans é o ‘santo graal’ do desporto automóvel”, refere Jean-Philippe Imparato, Diretor da Peugeot. “É a corrida que define quem é o vencedor e não o contrário. Para nós, essa realidade está representada em 3 vitórias, mas também no muito esforço, sofrimento, alegria e um incrível espírito de equipa com a Total, com quem celebramos, em 2020, 25 anos de colaboração entre as nossas duas empresas.”

De acordo com o construtor, “a escolha da categoria LMH foi ditada por vários critérios, incluindo o de uma certa liberdade em termos aerodinâmicos”, que vão permitir a integração dos códigos estéticos da marca. O design terá a assinatura “Neo Performance” e deve traduzir uma nova abordagem técnica, com uma potência a rondar os 500 kW e tração integral.

 “Esta categoria permite-nos congregar toda a nossa empresa e todas as nossas entidades, com recursos e tecnologias próximas dos nossos modelos de série. Através deste empenho, a PEUGEOT inaugura uma nova referência: a neo-performance. Voltamos às provas de resistência porque temos a oportunidade de abordar a modalidade de uma forma diferente, por via da fórmula híbrida gasolina/eletricidade. A PEUGEOT Sport tem uma nova identidade e lança a PEUGEOT SPORT ENGINEERED, a sua linha de veículos eletrificados, de elevada performance, desvendando um primeiro modelo, com base no 508: 360 cavalos de potência, tração integral, 46 g/km de CO2. Este programa de provas de resistência permite-nos entrar plenamente na transição energética.”, explicou Jean-Philippe Imparato.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade