Nissan acelera transição energética

Produção de novas baterias de estado sólido em 'cima da mesa'

Atualidade

Por AUTO FOCO 20-05-2022 19:38

A partir de 2023, a Nissan proporá uma gama totalmente eletrificada, objetivo apontado por Antonio Melica, Diretor-Geral da Nissan em Portugal, no decorrer da 6.ª edição do Fórum Nissan para a Mobilidade Inteligente.

O evento decorreu em Lisboa e contou com vários oradores nacionais e internacionais, assim como especialistas ligados ao setor da mobilidade elétrica, tendo sido abordados temas relativos à Condução Inteligente, Energia e Integração Inteligente.

Nos próximos cinco anos, a marca investirá cerca de 15,6 mil milhões € na eletrificação em termos globais e, na Europa, o objetivo é que 75% das vendas até ao ano de 2026 seja constituída por modelos eletrificados.

Até 2030, a marca pretenderá abandonar as motorizações estritamente térmicas, atingindo a neutralidade carbónica relativa às operações da sua atividade em 2050.

A aposta da Nissan na produção de novas baterias de estado sólido – maior densidade energética e tempos de carga inferiores – foi outro dos aspetos debatidos na 6.ª edição do referido Fórum, tendo sido anunciado que a marca irá construir uma fábrica de baterias na Europa com o intuito de reduzir os custos das baterias para a próxima geração de automóveis elétricos.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade