Audi Q2 35 TFSI S tronic S line

Venham mais cinco!

TESTE

Por Vítor Mendes da Silva 22-08-2021 07:00

Fotos: Gonçalo Martins

Cinco anos passaram desde que a Audi estreou o Q2 no acesso à sua gama de SUV, então sobre a plataforma técnica do A3, com as mesmas motorizações e panóplia de tecnologias de segurança e conetividade, para ‘copiar-lhe’ também... o sucesso.

Pelo meio, atualizações pontuais e cirúrgicas e, agora, mais um restyling discreto, mas importante para se manter competitivo nos anos que restam para fechar este ciclo no ativo, apontando a rivais como o Mini Countryman ou o Mercedes-Benz GLA.

A revisão limita-se ao redesenho dos para-choques, grelha dianteira e dos faróis, agora com matriz de LED, o suficiente para conferir-lhe imagem mais atual e robusta, mesmo sem mexidas relevantes nas proporções da carroçaria com menos um palmo em comprimento do que o Q3, garantia de distanciamento suficiente do SUV mais pequeno da marca dos quatro anéis.

E também quase igual ficou o interior. A Audi introduziu pequenos elementos de estilo nas grelhas da climatização, inspiradas no design do interior do desportivo TT e… pouco mais. Relevante foi a modernização do sistema multimédia, bem como o reforço da lista de ajudas à condução e funções de conetividade.

No habitáculo, a oferta de espaço é generosa à frente e atrás, com bancos traseiros em posição sobrelevada, o que cria um agradável efeito de anfiteatro, além de deixar o volumoso túnel de transmissão mais distante de causar transtorno. As costas dos bancos podem rebater em 60/40, ampliando a capacidade do porta-bagagens até aos 1050 litros, a partir dos muito razoáveis 405 litros que são o volume de carga na configuração simples de cinco ocupantes a bordo. Mesmo assim, bem desafogado no interior, o Q2 é automóvel largo e baixo para SUV.

O Q2 também impressiona pela qualidade da construção, apresentação simples, mas moderna, e montagem que parece à prova de tremedeiras ou indesejadas vibrações.

Nas ligações ao solo, regulação mais desportiva (os Q2 de tração dianteira usam um mais básico sistema de eixo rígido…), para evitar indesejáveis movimentos transversais da mais alta carroçaria nas oscilações de massa mais fortes, que também é responsável por condução com muitíssimo bom feeling. A direção é bem assistida, facilitando as manobras a baixa velocidades e em percursos citadinos e comunicativa a ritmos superiores. Os travões igualmente competentes.

Motor a gasolina de 150 cv, associado à caixa S tronic de dupla embraiagem nesta versão do Q2 35 TFSI, com acabamento S Line, linha desportiva, como as ‘performances’ do compacto. O bloco de quatro cilindros, 1,5 litros, injeção direta turbo e ainda 250 Nm (entre 1500 e 3500 rpm), confere muito boas prestações ao pequeno SUV, respondendo de forma enérgica e bastante progressiva às solicitações do pedal do acelerador desde e baixos regimes. Para isso, contribui o reduzido peso total do veículo (1225 kg) e o funcionamento correto da caixa. 

Todavia, este motor a gasolina é não só despachado, como também eficiente no consumo de combustível. Neste teste, média de 7 l/100 km.

Nesta versão do Q2 existem modos de condução (sistema audi drive select), com cinco programas à disposição Efficient/Comfort/Auto/Dynamic/Individual, para otimização da eficiência e da rapidez da resposta da mecânica e do desempenho do chassis. No entanto, refira-se a mudança de programa quase não influencia o desempenho dinâmico do compacto…

No preço, partindo de valor base que nada tem de competitivo (37.514 euros), o Audi Q2 35 TFSI S tronic S Line do nosso teste transporta para a lista de opcionais a maioria dos equipamentos e personalizações, perdendo por completo o chamamento racional do ‘value for money’.

Na unidade ensaiada, pacote opcional Edition One (7485 euros), o Pacote Comfort Plus (920 euros), o Pacote de Assistência ao Parqueamento (585 euros); o Pacote de Assistência à Condução (2475 euros) e os Pacotes de Assistência Segurança (890 euros) e Arrumação (525 euros) e o teto de abrir elétrico, em vidro panorâmico (1200 euros), entre muitos outros. Contas feitas: 58.024 euros!

Ler Mais

Ficha Técnica

Caracteristicas

AUDI Q2

35 TFSI S tronic S line

Motor
Arquitetura 4 cilindros em linha
Capacidade 1498 cc
Alimentação Inj. direta, turbo, intercooler
Distribuição 2 a.c.c./16 v
Potência 150 cv/5000-6000 rpm
Binário 250 Nm/1500-3500 rpm
Transmissão
Tração Dianteira
Caixa de velocidades Automática de 7 velocidades
Chassis
Suspensão F Ind. McPherson
Suspensão T Eixo de torção
Travões F/T Discos ventilados/Discos
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/10,4 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,208/1,794 /1,537 m
Distância entre eixos 2,601m
Mala 405-1050 litros
Depósito de combustível 45 litros
Pneus F 7,5jx19-235/40 R19
Pneus T 7,5jx19-235/40 R19
Peso 1380 kg
Relação peso/potência 9,2 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 218 km/h
Acel. 0-100 km/h 8,6 s
Consumo médio 6,1 l/100 km
Emissões de CO2 138 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 4 anos ou 80.000 km
Pintura/Corrosão 3/12 anos
Intervalos entre revisões 30000 km
Imposto de circulação (IUC) 137,14 €

Medições

AUDI

Acelerações
0-50 km/h 3,4 s
0-100 / 130 km/h 9,6 s
0-400 / 0-1000 m 17 s
Recuperações
40-80 km/h (D) 5 s
60-100 km/h (D) 5,5 s
80-120 km/h (D) 8,6 s
Travagem
100-0/50-0km/h 36/9,8 m
Consumos
Consumo médio 7 l/100km
Autonomia 642 km

Conte-nos a sua opinião 0

TESTE