SIVA atinge quota de 13,4% no mercado nacional

Empresa importadora das marcas VW, Audi, Skoda, Cupra e Seat alcança 19.682 automóveis vendidos

Atualidade

Por AUTO FOCO 14-01-2022 11:10

Em 2021, a SIVA - PHS ('Porsche Holding Salzburg'), importadora das marcas VW, Audi, Skoda, Cupra, Seat, Bentley e Lamborghini, comercializou 19.682 automóveis no nosso país, tendo atingido uma quota de 13,4% no mercado dos veículos de passageiros.

Num contexto marcado pela pandemia e pela escassez de componentes, as marcas da SIVA aumentaram a sua presença no mercado nacional pelo segundo ano consecutivo, graças à alargada oferta de modelos híbridos (HEV), híbridos plug-in (PHEV) e elétricos a bateria (BEV).

Em 2021, a VW obteve um crescimento homólogo de 7,8% (7.154 unidades no total), assente no sucesso do SUV Tiguan, a que se seguiu depois o ID.4 e, no final do ano, o revisto Polo. Para este ano, está agendado o lançamento do novo 'crossover' Taigo (na foto), assim como do Tiguan Allspace, além dos 100% elétricos ID.5, ID.5 GTX. O novo T-Roc, produzido na fábrica da Autoeuropa, é outra das apostas de 2022, tendo sido já anunciado que existirá uma versão específica dedicada ao mercado nacional, designada por VW T-Roc@pt.

Note-se que a Volkswagen (Veículos Comerciais) também passará a contar com o novo Multivan a partir do próximo mês de fevereiro e, no final do verão, está prevista a chegada do icónico ID. Buzz (inspirado no ‘antigo’ Pão de Forma), quer na versão de passageiros, quer na variante comercial. No decurso de 2021, a marca cresceu 5,8% em relação ao ano anterior, a que não é alheio o lançamento do novo Caddy.

A Seat e a Cupra, recentemente integradas na SIVA, registaram uma quota de mercado de 4,93% em 2021, um resultado conjunto que reflete a renovação completa da gama da Seat e o êxito da Cupra, neste último caso com o lançamento do Formentor e o início de comercialização do Born, o primeiro automóvel exclusivamente elétrico da marca.

A Audi também registou um aumento de 2,4% nas vendas, graças à atualização dos SUV Q2 e Q5, além do lançamento dos 100% elétricos e-tron GT, Q4 e-tron e Q4 e-tron Sportback. Ainda este ano, a Audi irá apresentar a nova geração do A8 e o A3 allstreet.

Quanto à Skoda, a marca atingiu um sucesso assinalável com 1.789 unidades vendidas no mercado nacional, o equivalente a um aumento de 37,8% face ao ano transato, graças à performance comercial dos SUV Kamiq e Kodiaq e da nova geração Octavia, assim como ao lançamento do elétrico Enyaq iV, modelo que esgotou em poucos meses. Para 2022, juntar-se-á à gama da Skoda o novo Fabia, assim como o Enyaq Coupé iV, além do renovado Karoq.

Por último, a Bentley registou um aumento homólogo de cerca de 24%, com 26 unidades vendidas no total, tratando-se até do maior volume de sempre em Portugal, enquanto a italiana Lamborghini matriculou 13 modelos.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade