Praga Bohema, por 1,28 milhões, com o motor do Nissan GT-R

O piloto Romain Grosjean ajudou ao desenvolvimento em pista.

Atualidade

Por AF 25-11-2022 15:40

Mais um dia, mais um superdesportivo na estrada. Chama-se Praga Bohema, será fabricado na Républica Checa em edição limitada a apenas 89 exemplares, com as primeiras entregas previstas para meio do próximo ano

Trata-se de automóvel extremo para condução em pista e desenhado para privilegiar a aerodinâmica. A companhia anuncia que os sistemas ativos no carro permitem gerar até 900 kg de carga a 250 km/h.

Isto combinado com conjunto ultraleve, composto por monocoque e painéis da carroçaria em fibra de carbono (no protótipo, só 982 kg em vazio; a versão de produção será mais leve), permite adivinhar prestações fora de série. Até porque montado em posição central traseira está bloco V6 biturbo bem conhecido, do Nissan GT-R, com potência 'esticada' aos 710 CV e 725 Nm de binário.

O motor é desmontado pelos engenheiros da Praga, empresa com 115 anos de história, dedicada nos últimos vinte a produção de exclusivos carros de corrida para estrada, e é nas suas oficinas que se opera a conversão para cárter seco, solução mais adequada à condução em circuito e às curvas a alta velocidade.

Quanto a números, o fabricante anuncia 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, mas não faz referência à velocidade máxima.

O piloto Romain Grosjean ajudou ao desenvolvimento em pista:

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade