Toyota vai produzir pick-up a hidrogénio

Marca japonesa arrancou com o desenvolvimento de versão experimental da pick-up Hilux com pilha de combustível a hidrogénio.

Atualidade

Por AF 12-12-2022 12:30

A Toyota tem anos de experiência no domínio da eletrificação do automóvel. Todavia, reagindo ao momento tanto na indústria como no mercado, a marca de luxo japonesa também tem de acelerar o programa de transição tecnológica, nomeadamente procurando propor uma gama diversificada de veículos, incluindo todas as tecnologias eletrificadas, Híbrido Elétrico (HEV), Híbrido Plug-in (PHEV), Elétrico a bateria (BEV) e Elétrico com Pilha de Combustível (FCEV). De acordo com o maior construtor do Japão, o desenvolvimento de um setor de transporte de hidrogénio bem-sucedido é um alicerce essencial para que seja possível alcançar esse objetivo.

É neste contexto que a Toyota arranca com o desenvolvimento de uma Hilux movida a pilha de combustível. Em colaboração com parceiros de engenharia técnica altamente qualificados do Reino Unido, o objetivo do projeto é adotar componentes de pilha de combustível Toyota de segunda geração (como os usados no mais recente Toyota Mirai) para a transformação de uma Hilux num veículo elétrico a pilha de combustível (FCEV).

O projeto contará com o apoio de uma equipa de engenheiros da Toyota Motor Europe (TME), encarregue de fornecer suporte técnico especializado para permitir que as equipas do Reino Unido adquiram a sua própria experiência e autossuficiência para desenvolver tecnologias de propulsão a hidrogénio da próxima geração.

“O Reino Unido é um dos principais mercados de pick-ups e é um mercado importante para a Toyota. Este financiamento representa uma tremenda oportunidade para que seja desenvolvida uma solução de emissões zero num segmento de mercado crítico. Gostaríamos de agradecer ao governo do Reino Unido pelo financiamento que permitirá ao consórcio investigar o desenvolvimento de um sistema de propulsão movido a pilha de combustível para a Toyota Hilux, apoiando a nossa ambição de alcançarmos a neutralidade de carbono”, comentou Matt Harrison, Presidente e CEO da Toyota Motor Europe.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade