Dos AMG aos PHEV: Mercedes mostra novidades na gama CLA

Atualidade

Por AUTO FOCO 18-01-2023 17:40

Da personalização às ajudas à condução, passando pela estética ou melhorias no desempenho das versões híbridas Plug-In, a Mercedes muito atualizou a gama CLA, seja na berlina Coupé de quatro portas, seja na Shooting Brake.

O apuro visual da nova gama CLA foi praticamente redirecionado para o reforço do cariz desportivo, patente na nova grelha com a estrela em grande destaque, novos para-choques dianteiros e difusores traseiros. Igualmente distintas são as zonas interiores dos faróis, agora com a oferta, de série, de tecnologia LED High Performance.

Entre novas cores e possibilidades de personalização, a renovada gama CLA pode agora ser encomendada em dois novos tons de azul (hyper e spectre), estando ainda disponíveis três novas opções entre as jantes de 19''. No interior, além de agora ser possível adicionar volante aquecido, foi alargado o espetro de revestimentos decorativos, com acabamentos em madeira ou de efeito carbono. 

A Mercedes reclama agora a utilização de diversos materiais de origem reciclada, principalmente nos bancos. Aumenta a oferta do género de revestimento a aplicar e ainda a panóplia de cores possíveis de escolher para abrilhantar o habitáculo dos novos CLA Coupé e Shooting Brake. De série, estofos em pele Artico.

A forte digitalização do habitáculo, marcada pelo monitor contínuo sobre o tablier, continua a ser um dos pontos que mais define o carácter premium dos compactos da Mercedes, com os CLA a adotar a última evolução do sistema MBUX, com novos grafismos e cores quer para a instrumentação, quer para o monitor multimédia. Foi acrescentado 'léxico' aos comandos vocais (com tecnologia de Inteligência Artificial) e é agora possível contar com sistema de som Burmester com experiência de som imersiva Dolby Atmos.

As motorizações a gasolina passam a incluir esquema de hibridização ligeira (MHEV) com sistema de 48 V, que não só contribui para a redução dos consumos, como adiciona ao motor a gasolina um 'boost' de 10 kW elétricos, em aceleração.

Nas versões 250 e (PHEV), disponíveis para o Coupé e para a Shooting Brake, acréscimo de potência para o motor elétrico (mais 5 kW) e bateria de 15,2 kWh de capacidade, dados que contribuem para o aumento da autonomia em modo puramente elétrico, agora possível de chegar até aos 82 km. São mantidos os 218 cv de potência máxima e o binário ascende aos 450 Nm. Nos Diesel, manutenção do bloco 2 litros, nas versões 180 d (116 cv), 200 d (150 cv) e 220 d (190 cv).

As duas versões AMG de tração integral, caixa automática de 8 velocidades e motor 2 litros turbo a gasolina de quatro cilindros (306 cv na versão 35 e expressivos 421 cv no 45) igualmente disponíveis nas duas variantes de carroçaria, somam novo visual para as óticas, grelhas dianteiras específicas com pormenores de design ainda mais agressivos, novas opções de jantes na gama de 19'', revestimentos diferenciados para os bancos desportivos ou ainda novos volantes com a assinatura AMG. À semelhança da restante gama de motores a gasolina, a variante 35 passa a incluir sistema de hibridização ligeira que inclui o já referido boost de 10 kW (14 cv).

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade