Formas exóticas de ser VW: ID.Xtreme e Golf Country

Atualidade

Por AUTO FOCO 24-01-2023 19:25

Por agora, o VW ID.Xtreme não passa de um concept car baseado no ID.4 GTX. Mas, se passar à fase de produção com os anunciados 388 cv, será o mais potente elétrico da família ID. Ao nível da excentricidade do Golf Country dos anos 90…

De visual bem aventureiro, o ID.Xtreme apresenta soluções de design inspiradas nitidamente em carros de rali, reforçando sobremaneira a faceta offroad deste SUV elétrico. Além da incluir suspensão sobrelevada, proteções inferiores da carroçaria, para-choques mais 'bojudos' e pneus/jantes específicos para todo-o-terreno, o look mais radical do ID.Xtreme complementa-se pelas zonas plásticas em torno das cavas das rodas que contribuem para o alargamento da carroçaria em 50 mm.

Com a potência a subir dos 299 cv do ID.4 GTX até aos 388 cv anunciados, a VW acompanhou a eloquência dinâmica do ID.Xtreme com uma acústica (digital) mais emotiva, canalizada para o exterior através da zona das cavas das rodas. O aumento da potência foi conseguido pela otimização do motor traseiro e de ajustes realizados na eletrónica. Tal como no ID.4 GTX, o ID.Xtreme conta com tração integral a cargo de dois motores elétricos, um por eixo.

Este concept car comprova a versatilidade e o potencial técnico da plataforma modular MEB que serve de berço à atual geração de modelos elétricos da VW.

Golf Country de 1990

Já em 1990 a VW tinha testado, à maneira da época, um formato mais radical para o Golf de segunda geração, tendo produzir 7735 unidades do Country entre 1990 e 1991, em parceria com a Steyr-Daimler-Puch, na Áustria. Ainda não existiam SUV como hoje os conhecemos, pelo que a VW deu ao Country um visual mais aproximado ao de um jipe, elevando a altura ao solo em generosos 21 cm, agarrou a roda suplente ao portão da mala, preencheu as zonas em torno das cavas de roda com plásticos salientes e colocou umas bullbars à frente e atrás.

O Golf Country contava com sistema de tração integral da geração Syncro, em que as rodas traseiras eram acionadas por intermédio de uma embraiagem multidisco em casa de notada perda de motricidade nas rodas dianteiras. Sob o capot, a versão de 98 cv do bloco 1.8 a gasolina, embora a VW tenha produzido algumas unidades com a variante de 115 cv herdada do Golf GTI.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade