Classe C ganha variante All-Terrain

Estreia comercial no último trimestre do ano, com motores 2.0 de quatro cilindros Diesel e a gasolina, eletrificados com sistemas “mild hybrid” de 48V.

Atualidade

Por AF 18-08-2021 12:27

Impulsionada pelo sucesso do formato crossover, a Mercedes-Benz apostou na miniaturização da fórmula All-Terrain, estreado em 2017 com a primeira versão do Classe E Station com aptidões para ação fora do asfalto que a carrinha convencional não tem.

A nova Classe C All-Terrain, rival do Volvo V60 Cross Country e da Audi A4 Allroad, estreia no salão automóvel de Munique, com suspensão específica e pneus de maior perfil que garantem até mais 40 mm de altura ao solo, na configuração mais alta do amortecimento pneumático, equipamento de série. Igualmente de série, sistema de tração integral 4Matic, capaz de enviar até 45% da potência para as rodas da frente, e Dynamic Select com modos extra: Offroad e Offroad+ e Downhill Speed Regulation, para assistência em descidas.

No habitáculo, com base no nível de equipamento Avantgarde, algumas mudanças decorativas, com novos apontamentos em alumínio ou em fibra de carbono e inscrições All-Terrain.

O painel de instrumentos digital está disponível nas versões de ecrã de 10.25'' e 12.3'', com um novo tema "Offroad", especificamente criado para as versões All-Terrain, com informações dedicadas para a condução em fora de estrada, como o declive e o ângulo da direção, as coordenadas geográficas e uma bússola.

A capacidade da bagageira não sofre alterações, mantendo os 490 litros de volumetria na configuração standart de cinco lugares a bordo, capacidade que praticamente triplica com o rebatimento dos encostos posteriores.

O All-Terrain distingue-se do C Station também no campo visual, por dispor de proteções em plástico negro nos extremos dos para-choques e nas cavas das rodas em cinza escuro mate. As rodas são de 19 ou 20’’ e têm jantes exclusivas.

 

 

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade