4x4 com extensor de autonomia para 7 mil km

Atualidade

Por AF 15-09-2021 18:01

Ben Scott-Geddes, antigo engenheiro da Ferrari e da McLaren, lidera a equipa de duas dezenas de engenheiros da Fering, empresa sediada em Surrey, no Reino Unido, apostada em estabelecer-se como nova referência na categoria dos todo-o-terreno.

O primeiro modelo é um 4x4 compacto com um motor elétrico instalado em cada eixo, sem árvore de transmissão, e com 600 Nm de binário combinado. Com as suas baterias de 20 kWh pode percorrer até 80 quilómetros livres de emissões, mas a marca anuncia autonomia para 7.000 quilómetros entre abastecimentos, graças aos depósitos suplementares. O extensor de autonomia é um turbodiesel de três cilindros com 800 cc, a debitar 95 CV de potência e adaptado para funcionar com biodiesel.

As baterias com células de óxido de titanato de lítio (mais resistentes nos climas extremos) têm função ‘boost’ para todas aquelas situações em que o motor de combustão não entregue potência suficiente. Assim, com as baterias «descarregadas», o Pioneer pode apresentar um consumo médio de 4,7 l/100 km.

O 4x4 da Fering está pensado para missões de resgate por exigentes trilhos fora de estrada, equipado com rodas de camião com jantes de 22,5 polegadas, chassis tubular em alumínio e elementos compósitos e tecido, com ângulos específicos referenciais. A marca promete capacidade para subir rampas a 60%, com inclinações de 50 graus e passagens a vau até 1,4 metros. Anuncia uma velocidade máxima de 125 km/h.

Preço estimado: 175 mil euros.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade