Novo Suzuki S-Cross em dezembro

Atualidade

Por AF 25-11-2021 12:19

Ainda antes do final deste ano, a Suzuki iniciará a comercialização do novo S-Cross, produto que resulta de importante modernização do crossover lançado em 2013, ainda como SX-4.

Desde logo, o aperfeiçoamento de imagem através de renovação profunda do design que foi mais relevante na secção dianteira, onde se destaca o capot, a grelha e as óticas redesenhadas. Evolução, também, para aproximação mais flagrante ao formato da moda na indústria automóvel, apesar de manter as dimensões exteriores e a distância entre eixos do S-Cross de 2017.

Com 4,30 metros de comprimento, a geração nova do modelo japonês aponta aos rivais de sempre: Dacia Duster, Fiat 500X, Mazda CX-3, Peugeot 2008 ou Renault Captur.

Na bagageira, 430 litros de volumetria útil, em linha com os concorrentes supracitados.

No arranque da comercialização, em dezembro, o S-Cross estará disponível com o conhecido motor 1.4 turbo de injeção direta, na versão de 129 cv, com sistema SHVS mild hybrid de 48V, apoiado em máquina elétrica com 13,6 cv, que assiste o motor térmico nas fases de aceleração e regenera a energia da desaceleração e travagens.

A mecânica Boosterjet pode ser combinada com caixa manual ou automática de seis velocidades, e com sistema de tração integral Allgrip Select, com vários modos de condução.

Além de revitalizar a imagem do exterior do S-Cross e a qualidade percetível no seu habitáculo, a Suzuki reforça também a apresentação do interior, com o painel de bordo a ser dominado por ecrã tátil central que é de 9 polegadas nas versões mais equipadas (7’’ de série), enquanto a instrumentação resiste ainda à digitalização.

O novo S-Cross para o mercado europeu será fabricado na Magyar Suzuki, na Hungria

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade