Verstappen pode ser o segundo campeão mais precoce da Fórmula 1: as contas

Fórmula 1

Por GT 29-09-2022 10:49

Max Verstappen (Red Bull) pode tornar-se, este domingo, no segundo campeão mais rápido da história da Fórmula 1, a par do britânico Nigel Mansell (Williams).

O neerlandês chega ao Grande Prémio de Singapura com 116 pontos de vantagem sobre o segundo classificado, Charles Leclerc (Ferrari), muito graças aos 11 triunfos conquistados nas 16 corridas disputadas.

Com seis corridas ainda por disputar, estão em jogo 164 pontos; 25 pontos por vitória (mais oito na sprint race) e um ponto por cada volta mais rápida em corrida.

Para se sagrar já campeão no domingo, Verstappen, que completa 25 anos esta sexta-feira, precisa forçosamente de vencer a corrida no circuito de Marina Bay. Qualquer outro resultado implica que a decisão fique adiada para, pelo menos, a corrida seguinte, no Japão.

Se Leclerc for oitavo ou pior, e se o seu companheiro de equipa (Red Bull) Sérgio Pérez não for além do quarto lugar, Max Verstappen pode sagrar-se campeão caso vença e faça a volta mais rápida da corrida.

Há ainda dois outros cenários que favorecem Verstappen. Se o piloto da Red Bull vencer e Leclerc fizer a volta mais rápida na corrida, o neerlandês festeja o bicampeonato se o piloto da Ferrari for nono ou pior e seu companheiro Pérez não passar do quarto lugar.

Por fim, vencendo a corrida, Verstappen é campeão se Leclerc não for além do oitavo posto e não fizer a volta mais rápida da prova e Sérgio Pérez for quarto ou pior.

Se festejar o título no domingo, com cinco provas ainda por disputar, Max Verstappen torna-se o segundo campeão mais precoce da história da Fórmula 1, a par de Nigel Mansell, que conquistou o título de 1992 a cinco corridas para o final da temporada.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Fórmula 1