Mercedes-Benz lança EQT elétrico e desvenda variante Marco Polo

Novo EQT 100% elétrico com base no Classe T estará à venda em Portugal no início do próximo ano. A variante Marco Polo – à semelhança do 'Concept EQT' – é outra das novidades, disponível a partir de junho

Apresentação

Por AUTO FOCO 08-12-2022 06:45

O EQT é o novo monovolume compacto da Mercedes-Benz de tração totalmente elétrica, cuja gama incluirá mais tarde a variante Marco Polo – espécie de autocaravana baseada no 'Concept EQT'.

O módulo Marco Polo é outra das novidades a ter em conta – em Portugal, à venda durante o primeiro trimestre de 2023 –, incluindo soluções inéditas para atividades de lazer e de campismo, igualmente disponível nos Classe T com motores de combustão.

No EQT 100% elétrico, a versão 'standard' – disponível no início de 2023; entregas previstas no mercado nacional a partir de março –, contará com um motor elétrico de 90 kW (122 cv; binário máximo de 245 Nm), alimentado por bateria de iões de lítio de 45 kWh (localizada no eixo traseiro). Consumo anunciado: 18,99 kWh/100 km (WLTP) na variante de 5 lugares.

A tomada de carga está situada à frente (CCS), sob o emblema, sendo possível efetuar operações de carregamento até 22 kW em corrente alterna (AC) e até 80 kW em corrente contínua (CC) – neste último caso, cerca de 38 minutos de 10% a 80% da carga da bateria.

Membro da família Mercedes-EQ, o novo modelo tem dimensões exteriores compactas: 4,498 metros de comprimento, 1,859 metros de largura e 1,819 metros de altura. Com portas de correr laterais, o acesso ao habitáculo é flexível, inclusive a partir do portão traseiro – com espaço até três cadeiras de criança nos bancos da fila do meio.

EQT Marco Polo

Muito próximo do veículo de produção em série – com base na variante de maior distância entre eixos –, o EQT Marco Polo integra um teto 'pop-up' com cama (1,97 metros), tipo tenda, o qual pode ser levantado facilmente com ligeiro ângulo de inclinação, tendo design de abertura em tesoura.  

Na secção traseira existe outro equipamento desdobrável para pernoitar – cama de 2 metros por 1,15 metros –, e na fila dos bancos posteriores está ainda disponível um lava-loiça, uma caixa frigorífica de 16 litros (com compressor) e um sistema de gavetas com espaço para guardar acessórios. A cozinha integra uma placa de aquecimento por indução e gaveta com fogão a gás.

No lado direito, uma mesa dobrável, que inclui ajuste elétrico em altura, a par de inúmeros compartimentos, com o mobiliário interior a ser facilmente removido. Outros destaques: painel solar no teto 'pop-up', toldo lateral e inovador sistema de escurecimento das janelas traseiras, este último ativado por controlo remoto e num simples botão. 

Módulo Marco Polo

Tanto no futuro EQT, como nas atuais versões do Classe T, a Mercedes-Benz proporá uma solução mais 'clássica' com requisitos essenciais para atividades de lazer e de campismo, incluindo uma cama com sistema elástico de molas e colchão (2 metros por 1,15 metros), de série, além de uma unidade de cozinha (opcional) – esta com sistema de gaveta, incluindo lava-loiça com depósito de água (12 litros), caixa frigorífica (15 litros, com compressor) e fogão amovível a gás.

A estrutura da cama e do colchão encontra-se dobrada no compartimento de carga, pelo que os bancos traseiros podem ser utilizados sem restrições. Em opção, conjunto de duas cadeiras de campismo e mesa articulada, a qual pode ser usada no exterior ou encaixada na fila central. Este novo módulo estará disponível durante o primeiro trimestre do próximo ano.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Apresentação