Novo VW Golf 1.0 TSI de 110 cv por 26.000 €

Atualidade

Por Auto Foco 10-01-2020 16:30

O novo Volkswagen Golf chega ao mercado português em março de 2020, com preços desde 26.000 €, da versão com motor 1.0 TSI de 110 cv com caixa manual - ou seja, mantém o preço da geração anterior, que saiu de comercialização. 

O Golf Mk8 estará disponível numa gama de cinco motorizações híbridas, duas das quais plug-in (de carregamento externo), cada uma com uma nova bateria de iões de lítio de 13 kWh de capacidade que permite ao veículo percorrer 60 km em modo exclusivamente elétrico.

A nova berlina mede 4,284 metros de comprimento, 1,789 m de largura e 1,456 m de altura, e tem uma distância entre eixos de 2,636 metros. Comparado ao Mk7, o sucessor é um pouco mais longo e mais curto, e com uma distância entre eixos um pouco maior. A carroçaria é mais aerodinâmica, com uma superfície frontal de 2,21 m2 e um coeficiente de penetração do ar de 0,275 Cd.

Interior

Todavia, no interior observa-se uma evolução mais relevante do que no exterior, exibindo um extenso rol de novidades e um desenho amplamente modernizado, que marca uma rutura significativa para o modelo antecessor. Desde logo, a total digitalização do painel de bordo, a conectividade de vanguarda no construtor germânico, em que a OCU (Unidade de Conectividade Online), de série, integra ligações eSIM integradas, funções e serviços dedicados da Volkswagen, We Connect e We Connect Plus.

Segundo a VW, o novo Golf estabelecerá novos padrões de referência na sua classe na assistência à condução, com destaque para a tecnologia de ‘cruise control’ ativo em autoestrada que dispensa a intervenção do condutor (na direção, acelerador e travões) até à velocidade máxima de 210 km/h.

O Golf VIII também é o primeiro modelo da VW conectar-se, de série, ao ambiente rodoviário em que circula. Através da tecnologia Car2X, que recebe informações de outros veículos num raio de até 800 metros e ‘lê’ sinais de trânsito, partilhando essas informações com outros veículos equipados com o referido sistema (Car2X) .

Os novos faróis de matriz de LED IQ Light, da Volkswagen, conferem segurança adicional através de funções de iluminação parcialmente interativas. Outras tecnologias já conhecidas do anterior modelo, incluem sistema Front Assist, de travagem automática, e suspensão adaptativa (DCC).

A versão híbrida GTE, que se distingue pelos frisos iluminados na grelha frontal, os para-choques e os painéis laterais da carroçaria específicos, as jantes de 17 polegadas, pinças de travão vermelhas, spoiler traseiro. No interior, diferem os bancos desportivos, os pedais de alumínio e 30 cores disponíveis para a iluminação ambiente.

Em opção, o painel de bordo pode ser composto por um ecrã de 10 polegadas, que em conjunto com um segundo (integrando o sistema de navegação Discover Pro) para criar o estreante Innovision Cockpit. É ainda permitido adicionar o sistema de som Harman Kardon de 400 watts.

O novo Golf tem três níveis de acabamento: Golf (base), Life, Style e R-Line (desportivo). De série, desde a versão de base, destacam-se os seguintes equipamentos: Front Assist, Lane Assist, Cruise Control Adaptativo, Monitor central de 8 polegadas e Digital Cockpit (painel de instrumento 100% digital). 

Motores

Todos os novos motores a gasolina e Diesel do Golf dispõem de injeção direta e turbo, realçando-se uma nova caixa manual de 6 velocidades desenvolvida para os modelos de tração dianteira, reduzindo as emissões de CO2.

As unidades a gasolina, que não tiveram desenvolvimentos técnicos significativos, são as seguintes: 1.0 TSI de 3 cilindros, de 110 cv; e 1.5 TSI de 4 cilindros, de 150 cv.

A partir dos 110 cv, estas motorizações podem ser serão configuráveis com a adoção de um sistema semi-híbrido (eTSI) equipado com sistema elétrico de 48 V e caixa de sete velocidades de dupla embraiagem.

Três motores TSI de 2.0 litros para o Golf GTI, GTI TCR e Golf R, e ainda um 1.5 TGI a gás natural comprimido e gasolina serão lançados posteriormente.

Os motores Diesel TDI de 2.0 litros do Golf Mk8 foram desenvolvidos a partir do zero e debitam 115 cv (substitui o 1.6 TDI) e 150 cv. Ambos podem ser adquiridos com uma caixa manual ou automática DSG, e o mais potente também com sistema de tração integral 4Motion. Uma variante TDI mais desportiva chegará mais tarde sob a já tradição denominação GTD, com 200 cv.

Finalmente, a versão eHybrid tem 204 cv e a GTE atinge 245 cv associando motor TSI de 1,4 litros e unidade elétrica alimentada por bateria de 13 kWh, ficando disponível em junho de 2020. Os desportivos GTI (245 cv) e R (333 cv) chegam em julho.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade