Saiba o que a versão Clubsport 'acrescenta' ao Golf GTI

Atualidade

Por Auto Foco 14-10-2020 15:46

A Volkswagen revelou a nova geração do Golf GTI Clubsport, a versão mais potente do desportivo compacto alemão até ao momento, com 300 cv, mais 55 cv do que o débito de base do motor de 2 litros turbo do GTI Mk8. Também o binário máximo sobe, de 370 Nm para 400 Nm. Ganhos adquiridos através da adoção de um intercooler de maiores dimensões e de novo turbo Continental, e ainda da reprogramação da centralina.

Acoplada ao bloco de quatro cilindros está a mesma caixa de sete velocidades automática de dupla embraiagem (DSG), mas com relações mais curtas do que no GTI ‘normal, e o mesmo para a transmissão às rodas dianteiras.

O GTI Clubsport Mk8 acelera de 0-100 km/h em menos de seis segundos – valor não especificado -, e atinge velocidade máxima limitada a 250 km/h.

O VW Golf GTI Clubsport tem diferencial dianteiro com autoblocante eletromecânico VAQ que substitui o sistema XDS eletrónico do GTI básico. Este novo diferencial pode ser ajustado, de acordo com os modos de condução do automóvel, incluindo 15 configurações, desde o mais conservador Comfort ao mais radical Sport.

Específico desta versão apimentada é o modo de condução Special, que se sobrepõe ao Sport, e que segundo a Volkswagen afina o amortecimento da suspensão para o melhor desempenho no circuito de Nürburgring Nordschleife.

A suspensão foi otimizada e rebaixada, aproximando o Clubsport mais 15 mm do solo do que o Golf GTI de base. O sistema de amortecimento variável Dynamic Chassis Control (DCC) também foi atualizado.

No exterior, o Clubsport exibe detalhes exclusivos, como sejam as jantes de 19 polegadas, a asa traseira em preto e difusor traseiro e o para-choques dianteiro distinto, com um novo divisor. O desportivo compacto também exibe decoração específica nas saias laterais. No interior, as alterações são limitadas aos revestimentos dos bancos.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade