Lexus 'junta' 15 anos de SUV híbridos: RX 400h e UX 250h

Atualidade

Por Auto Foco 26-10-2020 15:27

Para comemorar 15 anos da sua tecnologia “full-hybrid”, a Lexus colocou o seu mais recente crossover híbrido, UX 250h de 4.ª geração, frente a frente com o primeiro SUV híbrido Lexus, o pioneiro RX 400h, de 2005. A experiência decorreu no centro técnico e campo de testes da marca, em Zaventem, na Bélgica. A avaliação em pista foi realizada por Herwig Daenens, Technical Manager para Total Vehicle Evaluation & User Experience da Toyota Motor Europe

Coordenando a potência de um motor V6 a gasolina de 3,3 litros e motores elétricos dianteiros/traseiros, o RX 400h foi grande avanço na época foi a sua bateria híbrida de alta tensão, avaliada em 288 volts, contendo 30 células de 9,6 volts. Leve e compacta, está localizada sob o banco traseiro. Comparado com o RX 300 movido a gasolina, o RX 400h oferecia aos condutores de SUV de luxo uma melhoria geral substancial de 33% no consumo de combustível, com massivos 67% na cidade.

“Na pista de testes, o RX 400h ainda se conduz com a mesma suavidade e refinamento de quando deixou a fábrica de Kyushu, em 2005. A maioria dos sistemas híbridos concorrentes baseiamse em transmissões diretas de múltiplas velocidades ou transmissões automáticas, envolvendo várias embraiagens e elementos que estão sujeitos a desgaste”, explica Herwig Daenens.

Mudando para o UX 250h: “deu-se uma revolução silenciosa sob o capot dos híbridos Lexus desde o RX 400h. Deixou de ser uma tecnologia reservada aos modelos caros. Os híbridos Lexus Self-Charging de 4.ª geração, como o UX 250h e o ES 300h, oferecem uma maior economia de combustível e menores emissões, enquanto permitem percorrer distâncias muito maiores no modo EV (totalmente elétrico). Ao mesmo tempo, a potência geral, a capacidade de resposta e a qualidade da condução foram elevadas a um nível mais alto”, afirmou Daenens.

Tal como o RX 400h, o UX 250h usa a tecnologia comprovada de hidretos metálicos de níquel (NiMH) da marca de luxo, mas numa forma mais avançada. O número de células foi aumentado, reforçando a alta potência e o uso mais proativo da bateria, e o tamanho da bateria foi reduzido através da otimização do layout interno e adoção de um sistema de refrigeração mais compacto.

O UX 250h AWD apresenta um motor elétrico traseiro muito menor e mais compacto do que a unidade relativamente espaçosa de 50 kW do RX 400h. O sistema de tração nas quatro rodas do UX 250h recorre a um motor gerador de alto binário dedicado e separado, integrado no diferencial traseiro. A distribuição de força entre os eixos dianteiro e traseiro é automaticamente otimizada entre 100:0 e 20:80 pelo sistema de Controlo de Estabilidade do Veículo (VSC) ao acelerar, curvar ou conduzir em superfícies escorregadias.

Enquanto o RX 400h introduziu uma transmissão híbrida que controla as fontes de energia elétrica e mecânica, para o novo UX 250h cada elemento foi examinado para perceber como se poderia tornar a unidade de 4.ª geração menor e mais leve. Um novo arranjo de múltiplos eixos de Motor/Gerador1 (geração de energia) e Motor/Gerador2 (condução) resultou num design mais compacto e mais leve. As perdas por atrito foram reduzidas em cerca de 25% com a alteração para uma engrenagem de eixo paralelo mais simples.

“Enquanto as dimensões compactas da nova transmissão contribuem para ampliar o ângulo de viragem do UX 250h, um novo sistema para devolver o óleo de refrigeração melhora a suavidade e a fiabilidade”, disse o responsável da Lexus.

Bastante menor e mais leve do que a do RX 400h original, a nova Unidade de Controlo de Potência (PCU) do UX 250h é montada imediatamente acima da caixa híbrida, assegurando a compactação e a redução de peso de todo o sistema híbrido e fornecendo mais espaço dentro do compartimento do motor. Finalmente, uma placa de circuitos integrados nova e menor apresenta eficiência de refrigeração de dupla face, enquanto otimiza a saída e reduz os níveis de ruído. 

Lexus                                UX 250h          RX 400h

Ano de lançamento:          2020                 2005

Potência:                           135 kW            200 kW

Consumo (l/100km):         5,3                    8,1

Emissões CO2 (g/km):      102                  192

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade