Novo Opel Astra revelado

Sexta geração do ‘bestseller’ da Opel será a primeira a permitir condução 100% elétrica. O novo Astra chega ainda este ano com duas motorizações híbridas com carregamento externo das baterias e até 225 cv de potência.

Atualidade

Por VM 13-07-2021 09:40

O Astra L marca a estreia da tecnologia híbrida plug-in no modelo mais bem-sucedido da Opel, construído sobre versão evoluída da versátil plataforma EMP2, com os mesmos recursos técnicos do recém-apresentado Peugeot 308.

Diferem, além do óbvio, muito claramente na abordagem estética, com a frente Opel Vizor a surgir como elemento mais destacado do design desta sexta geração do compacto alemão.   

O novo Opel Astra será lançado este ano na carroçaria de cinco portas, com um comprimento de 4,374 metros, apenas 4 mm mais longo do que o modelo anterior, apesar de a distância entre eixos ter sido consideravelmente aumentada para 2675 mm (+13 mm). Assim, mais espaço para as pernas de quem viaja nos bancos posteriores e bagageira 422 litros de volume útil na configuração ‘standart’ de cinco lugares a bordo.

O novo Astra substitui carro lançado em 2015, acrescentando-lhe conteúdos mais modernos, com é a mais recente evolução da iluminação adaptativa Intelli-Lux LED Pixel, herdada diretamente do topo de gama da Opel, o Insignia, e com 168 elementos LED, um dos mais sofisticados da classe.

No habitáculo, também comparativamente com a geração que sai de cena, salto no tempo em direção ao futuro, com a adoção do Pure Panel, visto pela primeira vez no Mokka, totalmente digital, dizendo adeus aos instrumentos analógicos. No seu lugar, a nova interface homem-máquina (HMI) faz-se através de dois ecrãs de 10 polegadas, perfeitamente integrados, em conjunto com a saída de ar lateral do condutor, em disposição horizontal. Os controlos físicos foram reduzidos ao mínimo, sob a forma de teclas ergonomicamente concebidas, existindo ainda a função de controlo por voz em linguagem natural, de conectividade sem fios de ‘smartphones’ compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto.

Arquitetura multienergias

Construído sobre a geração mais recente da EMP2, plataforma multienergias da Stellantis para compactos, o novo Astra é 14% superior na rigidez à torção face ao modelo anterior, mas a arquitetura nova incorpora também os mais recentes sistemas de assistência automatizada ao condutor.

Para além da câmara multifunções colocada no para-brisas, a tecnologia inclui quatro câmaras na carroçaria (uma à frente, uma atrás e uma de cada lado), cinco sensores de radar (um à frente e um em cada canto), bem como sensores ultrassónicos dianteiros e traseiros. As câmaras e sensores estão integrados com conectividade e-horizon no Intelli-Drive 2.0, que expande o alcance das câmaras e do radar. Isto permite ao sistema adaptar a velocidade em curvas, fazer recomendações de velocidade e efetuar mudanças semiautomáticas de faixa.

O sistema de deteção de mãos fora do volante garante que o condutor permanece sempre atento e capaz de intervir. O assistente de ângulo cego de longo alcance, o alerta de tráfego traseiro e o assistente ativo de posicionamento na faixa, capaz de manter o automóvel ao centro da faixa de rodagem, compõem o Intelli-Drive 1.0.

 

A oferta de sistemas inclui ainda um grande ‘head-up display’ Intelli-HuD e o Intelli-Vision, um sistema assente em câmara e radar para facilitar o estacionamento.

Híbrido 'plug-in' chega aos 225 CV

O novo Astra estará disponível desde o início da sua comercialização com duas versões híbridas 'plug-in' com 180 ou 225 cv, além das motorizações a gasolina 1.2 Turbo de 110 e 130cv e o Diesel de 130 cv.

Para os motores de combustão há de série transmissão manual de seis velocidades, com uma transmissão automática de oito velocidades (eletrificada nos híbridos 'plug-in') disponível como opcional nos motores mais potentes.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade