Aston Martin revela DBR22

Atualidade

Por RJC 16-08-2022 17:05

A Aston Martin acaba de revelar o ‘speedster’ DBR22, ‘concept’ com que a marca britânica pretende mostrar a sua mais recente tecnologia ao serviço dos automóveis do dia a dia e assinalar a primeira década da divisão de personalização dos seus veículos ‘Q by Aston Martin’.

O Aston Martin DBR22 será exibido na Monterey Car Week, na Califórnia, Estados Unidos, com estreia ao público no Concurso de Elegância de Pebble Beach, de 19 e 21 de agosto, e é inspirado na herança do construtor na competição, prestando homenagem ao design dos célebres DB3S (1952) e DBR1 (1959), que venceram Le Mans com Carroll Shelby e Roy Salvadori ao volante.

A equipa de estilo do fabricante de Gaydon quis «minimizar o número de painéis da carroçaria, ??para criar uma imagem mais esculpida e musculada» e a grelha em fibra de carbono com duas lâminas verticais divididas por uma (única) horizontal, elemento semelhante aos dos referidos carros de corrida.

O design do bilugar tem igualmente a aerodinâmica como prioridade, desde as hastes muito finas dos retrovisores até ao sistema de canalização do fluxo de ar pelo interior da carroçaria e fundo do carro, incluindo a extração de ar proveniente da refrigeração do motor, que se harmoniza com o difusor traseiro para fornecer aumentar a força descendente no eixo posterior.

Além disso, a Aston Martin recorreu a impressão 3D pela primeira vez. O método foi utilizado para imprimir as peças que compõem o subchassis traseiro, em alumínio. A tecnologia em estreia na marca britânica permitiu aos seus engenheiros reduzirem significativamente o peso daquele componente sem diminuir a sua rigidez estrutural.

V12 Twin-Turbo sob o capot

O motor do DBR22 é um V12 twin-turbo de 5,2 litros com 715 cv e 753 Nm – o mesmo do DBS Superleggera - que tem acoplada uma transmissão automática de oito velocidades com uma tecnologia que a Aston Martin denomina de ‘torque-shaping’ para melhorar a motricidade, e que contribui para o ‘speedster’ acelerar de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e atingir a velocidade máxima de 319 km/h.

Graças a esse novo subchassis traseiro, amortecedores adaptativos e uma coluna de direção fixa que traz maior precisão ao manuseio, a Aston Martin promete que o DBR22 é uma arma de pista, assim como seus antecessores.

No habitáculo vislumbram-se diversos elementos criados pela ‘Q by Aston Martin’ e recurso extensivo a fibra de carbono, incluindo os bancos desportivos, painéis do tablier e da consola central.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade