Peugeot estreia e-308 e dá mais autonomia ao e-208

Apresentação

Por AF 29-09-2022 07:05

A Peugeot estreia versões 100% elétricas da gama 308, à venda a partir de meados de 2023, com a berlina e a carrinha dispondo de motor de 156 cv e 260 Nm e a superarem os 400 km de autonomia.

A comercialização da nova (e já prometida) versão e-308 deverá ter início durante o primeiro semestre de 2023, com a Peugeot a alargar a oferta à carroçaria SW, que assim se torna na primeira carrinha 100% elétrica proveniente de um construtor europeu.

A novas versões e-308 utilizam bateria otimizada de iões de lítio de 54 kWh de capacidade (51 kWh úteis) com funcionamento a 400 V, o que aliado a cuidados extra na aerodinâmica (quer a secção dianteira quer a zona inferior da carroçaria são específicas) permitem o anúncio de consumo médio de 12,7 kWh/100 km, ou seja, uma referência no segmento.

Além de estarem equipadas com pneus de baixa resistência ao atrito, a Peugeot desenvolveu jantes de 18'' especificamente desenhadas e estudadas aerodinamicamente para as estreantes versões 100% elétricas da gama 308.

O carregador de bordo trifásico de série é de 11 kW, estando o e-308 preparado para ser ligado a postos rápidos de 100 kW, o que permite fazer subir a carga da bateria dos 20% aos 80% em cerca de 25 minutos.

O condutor tem ainda à sua disposição três modos de condução (Eco, Normal e Sport) que possibilitam gerir o desempenho dinâmico e otimizar os consumos. A transmissão conta com função Brake que, aumentando o efeito travão-motor nas desacelerações, contribui para uma superior travagem regenerativa.

Atualizado e-208 com mais autonomia

No início de 2023, o Peugeot e-208 vai surgir no mercado com amplas melhorias técnicas, herdando soluções do 'conjunto elétrico' do também aguardado Peugeot e-308. Resultado: mais potência e superior autonomia.

Na base está a adoção do motor elétrico de nova geração (que marcará presença no e-308), de 156 cv, o que representa um acréscimo de 20 cv face ao modelo atualmente em comercialização. Além de mais potente, este novo motor é igualmente mais eficiente, permitindo o anúncio de consumo médio homologado de 12 kWh/100 km, o que se reflete no acréscimo direto de 38 km na autonomia (mais 10,5%), que passa assim para um máximo de 400 km.

A bateria de alta tensão (400V) também é nova, e embora de características semelhantes (51 kWh de capacidade bruta e 48,1 kWh úteis) é apresentada como de superior eficiência, contribuindo para a superior eficiência de todo o conjunto.

Este novo suporte técnico alia-se às melhorias já introduzidas na gama e-208 no início de 2022, caso de uma nova relação de transmissão que otimiza o consumo em autoestrada e viagens fora das cidades, adoção de bomba de calor para otimização da climatização e ainda a presença de pneus da classe 'A+', de inferior resistência ao atrito.

Não existem mexidas no carregador de bordo, permitindo carregamentos rápidos a 100 kW (25 minutos para fazer a bateria subir dos 20% aos 80%) e carregador monofásico instalado de 7,4 kW (11 kW em opção). A acompanhar o modo de condução Brake para superior capacidade regenerativa em travagem, três perfis de condução: Eco, Normal e Sport.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Apresentação