Grupo PSA compra empresa portuguesa

Atualidade

Por VM 24-07-2020 16:48

O Grupo PSA adquiriu anunciou que acaba de adquirir a Amanhã Global, empresa portuguesa, com sede no Porto, especializada no comércio de peças reutilizáveis. O negócio, que inclui a aquisição da plataforma de ‘e-commerce’ (comércio eletrónico) B-Parts.com, integra o plano de crescimento da PSA Aftermarket na economia circular, sustentada pelo objetivo de triplicar o volume de negócios até 2023, devendo a direção portuguesa, reconhecida pela sua competência e experiência, permanecer integralmente no comando da empresa lusa.

Com esta aquisição de um operador líder na economia circular, a PSA Aftermarket entende estar apta a fornecer peças de reposição para automóveis para todos os orçamentos, em mercados de todo o mundo, ajudando também a contribuir ativamente para redução da pegada ambiental do consórcio, dado que as peças reutilizáveis resultam num ganho de 100% em matéria-prima comparativamente à fabricação de peças novas.

“A nossa estratégia consiste em ir ao encontro das expectativas de todos os clientes pós-venda, em todo o mundo, independentemente do seu poder de compra e da marca ou idade do seu veículo. Este investimento permite-nos entrar no coração da cadeia de valor das peças reutilizáveis, que constituem um dos três pilares da oferta da economia circular. Reforça também a nossa ofensiva global no sentido de liderarmos tanto nas peças de reposição standard (‘Reman’), como de reparação (‘Repair’) e de reutilização (‘Reuse’), de forma a podermos satisfazer eficazmente, e em todo o mundo, as necessidades dos clientes que buscam uma oferta de peças económica e responsável. O Groupe PSA está firmemente empenhado na redução da sua pegada de carbono, inclusivamente no que respeita à manutenção de veículos”, explicou Christophe Musy, Vice-Presidente Sénior da PSA Aftermarket.

Já a direção da Amanhã Global fez saber que o “acordo fortalece o modelo de negócio da B-Parts e vai permitir-nos acelerar o nosso desenvolvimento em áreas geográficas para além do mercado europeu. Este é o nosso objetivo comum para os próximos anos.”

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade