Elétricos vão representar um terço do mercado em 2030

Atualidade

Por VM 31-07-2020 22:25

A eletrificação do automóvel é irreversível e o aumento do número de elétricos e híbridos expressa-se nas vendas, que aceleram à medida que aparecem mais automóveis com a tecnologia novos no mercado. De acordo com a Deloitte, até ao final desta década um terço de todos os automóveis novos vendidos no Mundo serão eletrificados. Os dados da consultara apontam para um total a rondar os 31,1 milhões de unidades comercializadas até 2030, mais 10 milhões de carros do que o previsto em janeiro de 2019.   

A consultora defende que as vendas de carros com motor de combustão interna já atingiram o seu pico durante a crise pandémica da Covid-19, situação que terá precipitado uma mudança radical nos hábitos dos consumidores.  

Mercado acelera em 2024

O mesmo estudo revela que o mercado não regressará aos registos pré-pandemia antes de 2024, estimando que as vendas de veículos eletrificados no decorrer deste deverão rondar as 2,5 milhões. Significa isto que, com base na taxa de crescimento de 29% ao ano, o segmento valerá 11,2 milhões de unidades em 2025, chegando aos 31,1 milhões em 2030, sendo que 81% serão exclusivamente elétricos.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade