Novos elétricos do Grupo PSA farão 650 km com uma carga de bateria

Nova plataforma modular eVMP destinada a modelos dos segmentos C e D a partir de 2023 vai admitir baterias até 100 kWh de capacidade.

Atualidade

Por VM 01-08-2020 11:54

Peugeot, Citroën, DS Automobiles e Opel vão dispor de uma nova plataforma, 100% eletrificada, em alternativa às atuais arquiteturas multi-energia — CMP e EMP2. A nova eVMP (Electric Vehicle Modular Platform) servirá de base a uma série de modelos nos segmentos médio e médio-inferior, desde SUV até berlinas, com o consórcio a anunciar que se trata de estrutura versátil, que permite uma importante otimização dos custos de desenvolvimento e industrialização.

“Esta plataforma global permitirá oferecer uma gama de veículos que respeitam o meio ambiente, que respondem às mudanças nas expetativas dos nossos clientes e garantem prazer de condução e segurança, valores que são a base da reputação do Grupo”, anunciou Nicolas Morel, diretor de pesquisa e desenvolvimento do Groupe PSA.

Com uma capacidade para acolher baterias de 60 a 100 kWh, instaladas no piso do veículo, a nova plataforma autoriza o armazenamento de 50 kWh por metro dentro da sua distância entre eixos, permitindo ao fabricante anunciar autonomias entre os 400 e os 650 quilómetros (WLTP), dependendo do tamanho e do tipo de carroçaria.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade