Grande Prémio de Macau só com pilotos da China

Automobilismo

Por Redação 25-10-2021 11:34

Fotos: D.R.

A edição deste ano do Grande Prémio de Macau só vai poder contar com pilotos provenientes da China, devido à política de isolamento do território quer zero casos de covid-19.

À margem da conferencia de imprensa de apresentação da prova, o presidente do Instituto do Desporto de Macau, Pun Weng Kun, avançou que participam mais de 100 pilotos, todos provenientes da China continental, Hong Kong e Macau, nas seis corridas entre os dias 19 e 21 de novembro.

Pun Weng Kun acrescentou que apesar de alguns pilotos estrangeiros se proporem a fazer os 21 dias de isolamento antes do Grande Prémio de Macau, as autoridades não permitiram a sua entrada em solo chinês.

O programa de três dias conta com seis corridas: Grande Prémio de Macau Fórmula 4, Taça GT Macau, Corrida da Guia Macau, Taça de Carros de Turismo de Macau, Taça GT Grande Baía e Taça Porsche Carrera.

Desde o início da pandemia, Macau registou apenas 77 casos da doença. Para se entrar no território, é necessário ser residente e mesmo assim é exigido 21 dias de quarentena dentro de um quarto de hotel, mesmo que com vacinas e teste com resultado negativo.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Automobilismo