Primeira edição virtual das 24 Horas de Le Mans

Automobilismo

Por José Caetano 18-05-2020 15:25

A pandemia da COVID-19 parou o Mundo, quase não existindo exceções à regra… No desporto, interromperam-se campeonatos e adiaram-se ou suspenderam-se competições, incluindo os Jogos Olímpicos de Tóquio, remarcados do verão de 2020 para o verão de 2021. No entanto, durante o fim de semana, no automóvel como no futebol, ensaiou-se o regresso à ação, com a retoma do NASCAR, nos EUA (vitória de Kevin Harvick nas 400 milhas de Darlington, na Carolina do Sul, ao volante de Ford Mustang da Stewart-Haas Racing), e da Bundesliga, na Alemanha. Nos dois casos, portas fechadas, zero espectadores nas bancadas.

 

No desporto automóvel, entre os campeonatos perturbados pela crise sanitária mundial encontra-se o Mundial de Resistência (WEC) de 2019.20, que tinha ponto final marcado para o fim de semana de 13 e 14 de junho, com a edição 88 das 24 Horas de Le Mans. A corrida no Circuito de La Sarthe realizar-se-á somente a 19 e 20 de setembro, entre as 6 Horas de Spa (15 de agosto) e as 8 Horas do Bahrain (21 de novembro), cumprindo-se o calendário novo.

 

Durante a pandemia, assistiu-se (assiste-se!) a corrida aos simuladores de condução e às competições virtuais. Assim, os pilotos mantêm alguma atividade, os adeptos entretêm-se e as televisões ganham conteúdos interessantes com que não contavam. O sucesso da fórmula percebe-se, por exemplo, no anúncio da organização da 1ª edição virtual das 24 Horas de Le Mans, marcada para a data original da maratona: 13 e 14 de junho! A prova promovida por WEC Automobile Club de l’Ouest (ACO) e Motorsport Games realizar-se-á na plataforma rFactor 2 e contará com 50 carros, entre LMP2 e GTE, admitindo-se apenas equipas com quatro pilotos, incluindo dois profissionais!

 

O anúncio foi recebido de forma entusiástica e a grelha de partida encontra-se (quase…) preenchida. Entre os participantes confirmadas encontra-se a campeã do WEC (Toyota), mesmo não podendo apresentar-se com o LMP1 que soma e segue no Mundial (TS050 Hybrid), e os três construtores que ‘aceleram’ na categoria GTE (Aston Martin, Ferrari e Porsche). Na ‘garagem’ encontrar-se-ão o Oreca 07 do LMP2 e os GT dos fabricantes supracitados, mais o Corvette C7.R.

 

De acordo com os regulamentos, durante os 24 horas, todos os pilotos estão obrigados a tempos mínimos e máximos de condução (quatro e sete horas, respetivamente). A prova até contará com diretor de prova para controlo dos comportamentos dos concorrentes na corrida.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 1

bordadagua91
19-05-2020 15:21

Primeiro que esse, realizar-se-há na PTRL (Portugal Racing League) o 24h Le Mans na plataforma iRacing com 60 pilotos, desde pilotos profissionais a Sim Racers. Visitem o site

Automobilismo